Sarah e Hebert

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Sarah e Hebert

Sobre os padrinhos

Nossa singela homenagem aos padrinhos de casamento.

Aqueles que acompanharam de perto nossa história, acertos e erros, e agora estarão ao nosso lado em um dos dias mais importantes e intensos de nossas vidas.

Aqui apresentamos, em ordem alfabética, essas pessoas tão queridas.

Padrinhos da Noiva

  • Carol e Edu
    Carol e Edu

    Esse atualmente é um eixo BH - Recife! Conheço a Carol a minha vida toda e desde criança já tínhamos uma parceria incrível e foi a partir deste companheirismo que tive a oportunidade de conhecer o Hebert!
    Além de irmos ao Carnavio juntas, também já fomos à Europa, Canadá, Aruba, inúmeras vezes à praia e a lista continua! Foi com ela que vivi muitos momentos incríveis e tenho certeza que muitos ainda estão por vir!
    Carol, mesmo com a nossa mudança de cidade sei que entre nós nada mudou!
    E agora sim, não poderia deixar de falar do Eduardo, amor da minha prima que nos conquistou com seu companheirismo e jeito leve de ser! Nos recebeu tão bem em sua casa e teve uma super paciência para mostrar pela milésima vez os pontos turísticos que já estamos doidinhos pra voltar e dar mais um trabalhinho pra vocês!! Mas isso só vai acontecer depois da tão esperada visita a BH hein?!
    Queridos, é uma honra ter vocês como meus padrinhos e que venha o dia 16!!

  • Lu e Rafa
    Lu e Rafa

    O que dizer de alguém que eu conheço a minha vida toda e que sempre se fez presente quando eu mais precisava? Sim, eu não tive irmã consanguínea, mas sei que Deus me deu alguém que supre com maestria esse papel. Que saudades de tudo o que passamos juntas e nesse dia eu não poderia escolher ninguém melhor pra estar lá ao meu lado. Isso porque sei que não importa o que aconteça você sempre estará lá, assim como sempre esteve desde criança.
    Pois bem, mas esse texto não é só sobre a Lu, mas também diz respeito ao meu afilhado e agora padrinho Rafa que eu admiro tanto como pessoa, profissional e pai. Nos conhecemos desde o comecinho do namoro de vocês e confesso que desde o início já percebia que vocês formariam um belo casal. Ambos se complementam de uma forma que me inspirou a procurar alguém que me fizesse sentir o que pra vocês parecia natural: companheirismo, diversão e muito respeito. Três alicerces importantíssimos que hoje se refletem em uma linda filha que eu sinto um amor como se fosse minha. Obrigada por tudo casal! Amo vocês!

  • Jonas e Caro
    Jonas e Caro

    Sabe aquele casal companheiro de todos os momentos? Em que as conversas duram horas e a diversão também? Pois é, esses são o Jonas e Caro.
    A nossa afinidade é tanta que encontrar eles quando vamos ao sul é sempre uma prioridade.
    O Jonas com o seu jeito descontraído me ensinou uma das minhas maiores lições: a leveza de ser! É com ele que um problemão vira algo pequeno, que os dramas viram risada e que estar com pessoas que amamos vira essencial.
    A Caro, já confundida tantas vezes como minha irmã, é tão parecida comigo que não é possível que isso não tenha ocorrido em uma vida passada hehe. Já fomos sócias e passamos por tanta coisa juntas que um post é muito pouco pra descrever tudo isso. É nela que eu sempre me espelhei profissionalmente e também é ela uma das minhas maiores incentivadoras!
    Por fim, eles ainda são pais da minha afilhada amada e super inteligente Brenda! E todos me fizeram uma surpresa tão linda com uma visita inesperada que só de lembrar eu me emociono. Amo vocês!

  • Patotinha
    Patotinha

    Juro que tentei fazer um post separado para cada um de vocês, mas por algum motivo não consegui. Seria por que frequentemente tenho a impressão de nós 4 sermos um só? Talvez. Só sei que quase 15 anos de amizade que suportou distância, mudanças e tantas provas resistir com a mesma intimidade, confiança e leveza de quando começou, definitivamente não é pra qualquer um.
    Morro de saudades das nossas jantinhas e de todas as conversas sinceras e risadas bobas que fazem de nós o que somos, essa “patotinha” inseparável que me traz tanta força, pois eu sei que não importa o que aconteça, vocês sempre estarão lá quando eu mais precisar.
    Amores, não teria como serem outros padrinhos nesse dia tão especial. Obrigada por serem exatamente quem são. Amo vocês!
    Pensam que acabou? Nããããão! Está faltando falar de uma pessoa que eu faço questão de estar lá comigo, né Bruno?! Você que conquistou o coração da nossa amada Gica e o nosso também com esse jeito simples e sereno de ser! Obrigada por fazer parte disso tudo e principalmente por entender e apoiar uma amizade tão linda como a nossa! Será uma honra ter você como padrinho.
    Que venha o dia 16! :)

  • Teco e Michele
    Teco e Michele

    Alicerce e incentivo são as duas palavras que mais representam o que esse casal significa na minha vida.
    São as pessoas que eu sei que posso contar sempre e que frequentemente salvam o meu dia!
    O Teco, além de sempre cuidar da irmã mais nova desde a adolescência ensinando física, dando muitas caronas e aguentando todos os dramas, sempre foi um dos maiores incentivadores da minha felicidade, seja ela profissional ou pessoal.
    Foi graças a ele que eu organizei uma linda festa de formatura em que vivi um dos momentos mais especiais da minha vida e novamente agora dando todo o suporte para que o meu casamento seja um sonho! Sinto que ele torce tanto pela minha felicidade assim como eu torço pela dele.
    A Michele sempre foi a minha confidente, companheira de todas as horas e a minha conselheira pra tudo, seja para os "dramas pessoais" ou para roupas e decoração. Uma conversa que era para durar 5 minutos se prolonga por horas, pois nunca falta assunto.
    Aliás, essa minha madrinha participou de cada detalhe da organização do casamento, desde a escolha do vestido da noiva, daminhas, lembrancinhas, bebida, chá-bar, entre tantas outras coisas e eu não sei o que teria feito sem ela.
    Por fim, não tem como deixar de lado o fato de que eles são pais das minhas duas afilhadas Maria Clara e Antônia que eu tanto amo!
    Casal, obrigada, obrigada, obrigada! Amo vocês!

  • Tia Edi
    Tia Edi

    Esta é a minha tia poliglota, que já morou nos mais diversos lugares do mundo e que por sorte nossa agora retornou ao Brasil pra que possamos recuperar os anos de convivência que passamos longe.
    A tia que eu morro de orgulho de contar todas as experiências que teve e o lindo trabalho que desempenha com tanto amor em ajudar o outro. Talvez ela não saiba disso, mas foi ela quem me inspirou a querer trabalhar com pessoas e a isso serei eternamente grata!
    Tia Edi, por isso e por tudo o que você é eu não gostaria de passar esse dia tão especial ao lado de qualquer outra pessoa!

  • Tia Lourdes
    Tia Lourdes

    Sabe aquela pessoa que sempre cuidou de você, que te deu segurança quando mais precisava, que sempre preparava almoços e jantares deliciosos e move mundos e fundos pra te ajudar? Pois é, essa é a minha Tia Lourdes!
    Alguém que sempre fez questão de estar presente e que cuidou de mim (e ainda cuida) durante os 10 anos que morei em Porto Alegre. E olha que eu como “aborrecente” de 15 anos não fui nada fácil!
    Tia, obrigada por toda a dedicação ao longo desses anos e a melhor forma que tenho de agradecer, se é que isso é possível, é ter você comigo neste dia tão especial! Te amo!

Padrinhos do Noivo

  • Gustavo, Isaura e Rafael
    Gustavo, Isaura e Rafael

    O Gu é um primo irmão. Sempre brincamos quando éramos mais novos em Perdigão e fizemos muita arte juntos. Mas a verdadeira aproximação veio quando ele se mudou para Divinópolis e morou lá em casa. Passou-se um tempo, ele se transferiu para estudarmos juntos no INSSC. Meu Deus... Quase derrubamos aquela escola... As freiras pensavam que o Satanás estava procriando em Perdigão, pelos filhos do Bastião e Alfredo. Kkkkkkkkkkkk. Época muito boa da vida... Falando um pouco mais do Gu, este é um verdadeiro amigo fiel, um amigo que vai fazer o que tiver de ser feito para te ajudar. Preocupado sempre em estar agradando ao outro e de não estar incomodando a ninguém. Essa é, sem sombra de dúvidas, uma de suas virtudes.
    A Isaura é, além de esposa do Gu e mãe do Rafaelzinho, uma grande amiga nossa. Ajudou muito a Sarah nos preparativos do casamento. Nós todos juntos, quando encontramos, é uma grande alegria e muita farra envolvida!

  • Luiz Otávio
    Luiz Otávio

    O Luiz, além de primo, é um amigo da vida, outro irmão (já viram que tenho muitos, né?). Desde infância já aprontávamos pra todo lado. Íamos para roça do vovô e a bagunça tava feita. Era de enlouquecer os nossos pais.... Crescemos e já com 15 anos pegávamos a caminhonete do vovô, com um sino na caçamba para vender gás, e rodávamos por Perdigão no reinado... Onde íamos a cidade dava notícia... O Luiz é aquele amigo que não tem hora ruim para nada. Pode chamar ele para limpar um bueiro que ele vai com você. Se uma festa está ruim, basta falar: “vão para...”, e antes de falar onde ele já está sentado no carro... Barra pesada de Contagem! Hahahaha.

  • Paulo Vitor, Débora e Helena
    Paulo Vitor, Débora e Helena

    O Paulo Vitor, além de primo, foi um grande amigo de infância e um irmão durante os quatro anos de faculdade em Lavras. Já éramos grandes amigos antes do período de faculdade juntos, mas em Lavras nos tornamos praticamente irmãos... Um sempre ajudando ao outro no que era necessário. Pegávamos nossas motos nos fins de semanas e íamos para as cidades vizinhas, para cachoeiras, sítios de amigos... Ah, e eu não poderia esquecer das linguiças caseiras que o Tio Wellington fazia e mandava pra gente... Almoçávamos e íamos para a aula, com a recordação da linguiça durante toda a aula... hahahaha.
    A Débora também foi uma grande companheira de estrada. Mãe da linda Helena, já convivemos bastante em vários episódios... Com certeza ela já sentiu vergonha das danças que eu e o Paulo Vitor já fizemos durante o baile dos barangos, Girus e até na formatura dela!

  • Priscilla, João e Cecília
    Priscilla, João e Cecília

    O que falar da minha irmã? Ah, tem muita coisa... Já me fez raiva demais nessa vida... Escondia chocolates e doces... Chegava até a se trancar no quarto para comê-los sozinha. Quando éramos pequenos, ela, por ser cinco anos mais velha, se achava a maioral. Quando estudávamos no INSSC ela fingia que não conhecia o irmão mais novo, pirralho... O irmão só passava vergonha na frente das colegas. Mas, se passaram alguns anos e tudo mudou. Hoje, eu e Sarah somos padrinhos do amor da família, a Cecília (docinho). A docinho chegou e mudou a família, completamente. Até o Bastião deixa de ir para Perdigão para ver a docinho. Já imaginaram isso? Enfim, Pri é uma irmã que sei que posso contar por toda a vida. Te amo!
    O João chegou na família e conquistou a todos (esquisito isso, né?). O carinho que ele tem pela Pri e Ceci é cativante. A humildade e o companheirismo também são destaques. A Pri fala que ele é hiperativo, mas nunca vi alguém com essa característica que dorme até meio dia...hahahaha.

  • Rafael e Sabrina
    Rafael e Sabrina

    Rafael, também conhecido como Treta. Só de ter esse apelido você já vê que é bagunça na certa... O Rafael tem uma boa história de se contar.... Quando entrei para a Devex, há alguns bons anos atrás, fazíamos parte da mesma equipe. Daí, imaginem uma pessoa de humor negro = Treta. Depois de algumas piadas comigo, pensei: “que cara chato esse!”. Tempos foram se passando e fomos nos aproximando. Até descobrirmos uma qualidade em comum nossa: somos bons apreciadores de cerveja. Como parâmetro, fomos em quase todos os botecos de Belo Horizonte em uma semana (Comida Di Buteco) e, a partir de então, nos tornamos grandes amigos. Estávamos, inclusive, no Carnavio juntos, onde minha história com a Sarah começou...
    A Sabrina também foi colega de trabalho e, logo que começou a namorar com o Rafael, virou uma grande amiga nossa, participando destes eventos butequísticos.

  • Tia Graça
    Tia Graça

    Tia Graça, além de tia, é aquela mãezona. Desde novinho frequento a casa dela assiduamente... Já fui pra praia com ela sozinho, desde quando era pequeno. Cresci e me tornei um amigo do Efrinho, seu filho. Quantas noites chegamos “pra lá de Bagdá” na casa da Tia, coitada... Depois, me mudei para Belo Horizonte, e entre uma república e outra, fiquei por uns três meses morando com a Tia. Daí eu digo que ela foi uma mãezona, mesmo! Tinha roupa lavada, suíte e, ainda, jantares da melhor qualidade preparados por ela. Ah, e hoje em dia, ela é outra constante cuidadora da Bolota! Muito obrigado por tudo, madrinha!

  • Tio Messias e Tia Rita
    Tio Messias e Tia Rita

    O Tio Messias e a Tia Rita, além de tios, são amigos dos vinhos e churrascos. O Tio é um cozinheiro de mão cheia, um churrasqueiro quase gaúcho e um belo apreciador da cachaça Havana. A Tia é uma amante dos vinhos, o qual combina muito com a Sarah... Ou seja, essas duas já secaram, juntas, algumas adegas... Não somente pelos momentos de festa, estes dois sempre nos ajudaram com conselhos, sendo fiadores do nosso antigo apartamento, cuidando da Bolota... Enfim, são mais que especiais em nossas vidas e sabemos que podemos contar com estes dois em qualquer momento!

  • Vinícius e Mislene
    Vinícius e Mislene

    O Vinícius, além de primo, foi um grande amigo de infância. Morávamos em Perdigão e tivemos boas aventuras de criança juntos. Basta dar um grito: “Víííí, vamos brincar?” e já saímos correndo para a praça matriz com nossos carrinhos. Uma das grandes qualidades do Vinícius é na fidelidade. Este é um amigo que você pode confiar! Ah, e ele também é um amante de Tequila! Ninguém consegue acompanhar ele quando se fala de Tequila.
    A Mislene entrou na vida do Vinícius e eu contribuí nessa história! Apresentei os dois e a linda história do casal se iniciou, namoraram e hoje são casados. Ela foi responsável pelo chá de lingerie da Sarah e merece parabéns pela mega produção e carinho com a noiva. Muitas bençãos a este casal!